Adufscar

Sindicato dos Docentes em Instituições Federais de Ensino Superior dos Municípios de São Carlos, Araras e Sorocaba

Publicado em 05.04.2012

Proifes – Federação elege 25 de abril “Dia Nacional de Mobilização”

700g.jpg
Reunido no dia 1º de abril, em Brasília, o Proifes - Federação debateu e deliberou sobre diversos temas apresentados pelos sindicatos federados, que dizem respeito ao movimento docente, tendo constituído uma extensa agenda de trabalho. Dentre os temas analisados, o destaque foi atribuído ao “Dia Nacional de Mobilização”, previsto para o próximo dia 25 de abril. A data apontada no Fórum Nacional de entidades, do qual o Proifes - Federação é parte integrante, marcará um dia de mobilização e protestos contra a morosidade do governo no atendimento às pautas de reivindicações do conjunto dos servidores públicos federais. Em comunicado, o Proifes - Federação afirma que as atividades marcadas para esse dia devem ser de Mobilização Nacional, com pauta propositiva e construtiva desenvolvida nos sindicatos federados, o que incluirá uma agenda intensa de trabalho, tanto de divulgação da data, quanto do conjunto das atividades propostas, destacando-se dois conteúdos que devem marcar essa data nos diferentes estados da federação. Em primeiro lugar, a organização de um protesto público que terá quatro pontos, a saber: 1 - Contra a mudança na forma de cálculo dos adicionais de insalubridade e periculosidade, sem negociação com as entidades representativas dos servidores; 2 - Contra o atraso no pagamento do reajuste de 4% e incorporação da GEMAS e GEDBT acordados para vigorar a partir de 1º de março de 2012; 3 - Contra o atraso no Grupo de Trabalho de reestruturação da carreira docente, que deveria ser concluído em 31 de março e teve que ser prorrogado até 31 de maio; 4 - Contra a inclusão nos Projetos de Lei (PL’s) de itens não debatidos e negociados com as entidades representativas dos servidores. Em segundo lugar, o Proifes - Federação indica que a discussão sobre a reestruturação da carreira e do novo modelo previdenciário seja priorizada nno decurso do “Dia Nacional de Mobilização”, com o intuito de analisar e aprofundar as propostas da Mesa de Negociação para subsidiar os trabalhos do GT de carreira, reforçando a importância da valorização dos docentes como suporte fundamental para ancorar o desenvolvimento científico e tecnológico que promove o desenvolvimento econômico do Brasil. Para a entidade, a esperança de um novo tempo para os (as) docentes das IFES se traduzirá pelo fortalecimento dos sindicatos locais que atendam as demandas locais, sem perder de vista o panorama nacional e internacional.