Adufscar

Sindicato dos Docentes em Instituições Federais de Ensino Superior dos Municípios de São Carlos, Araras e Sorocaba

Publicado em 02.08.2012

Consulta Eletrônica Nacional indica que professores federais aceitam proposta do Governo

753g.jpg
Com o objetivo de democratizar e ampliar a participação dos docentes federais sobre a avaliação da proposta de reestruturação de carreira e reajuste salarial apresentada pelo governo, o PROIFES-Federação deu início a uma consulta eletrônica nacional no último dia 28 de julho. Dos 5.222 mil professores participantes, de 43 Universidades e Institutos federais, 3.962 (74.3%) responderam favoravelmente à proposta e 1.322 (25,3%) foram contrários. 30 docentes não se manifestaram (0,6%). A indicação para que os professores dissessem sim a proposta partiu do Conselho Deliberativo do PROIFES, que avaliou avanços na negociação após terem sido atendidas 15 reivindicações fundamentais à continuidade do diálogo. A postura do Conselho também refletiu uma preocupação com o prazo de 31 de agosto para que o governo envie Projeto de Lei ao Congresso Nacional. Do contrário não haverá reajuste em 2013 e todos os avanços da negociação iniciada em setembro do ano passado sejam desconsiderados. Entre os avanços estão a garantia de que nenhum professor recebesse um reajuste inferior a 25%. Para atender a demanda, o governo teve que ampliar os recursos de 3,92 para 4,2bilhões. Os Ministérios da Educação e do Planejamento retiraram os pontos que feriam a autonomia universitária, anteciparam para março o pagamento dos reajustes anuais, e retiram as barreiras para progressão no Magistério Superior e no Ensino Básico, Técnico, e Tecnológico.