Adufscar

Sindicato dos Docentes em Instituições Federais de Ensino Superior dos Municípios de São Carlos, Araras e Sorocaba

Publicado em 23.02.2018

IMPLOSÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA: UMA VITÓRIA DOS TRABALHADORES

1519385607_adufscar2.jpg

A desistência do Governo Temer em relação à Reforma da Previdência, que decidiu não colocar em votação, para não perder, utilizando para isso a criação de factoides que são de domínio público, se deve essencialmente às mobilizações dos trabalhadores.

As muitas Greves Gerais, manifestações, passeatas, cartazes, outdoors, visitas a gabinetes de parlamentares, atos realizados nos mais diversos locais, como aeroportos (estes últimos que foram uma constante durante os meses de janeiro e fevereiro), levaram muitos deputados e senadores a rever suas posições para não fragilizar suas possibilidades de recondução aos cargos.

A ADUFSCar participou de todos esses eventos, assim como o PROIFES, que se fez constantemente presente em Brasília, representado por integrantes de seus sindicatos e apesar do recesso letivo, durante todas as semanas dos dois primeiros meses deste ano.

A ADUFSCar participou também das atividades do dia 19 de fevereiro, como de todas as demais convocadas pelas Centrais Sindicais, neste ano e no ano passado. Assim, avaliamos o recuo do Governo Temer em relação à Reforma da Previdência como uma vitória da luta de resistência. Esse é um feito de dimensões inéditas, já que em ocasiões anteriores foram aprovadas – por todos os governos federais, a partir da década de 90 – mudanças constitucionais extremamente prejudiciais aos trabalhadores dos setores público e privado, e a proposta, agora, era a de aprofundar de forma exponencial essas consecutivas retiradas de direitos.